e-Política
MadsonVagner
Acumulo de Lixo em Mauriti; comunidade faz cota pra resolver problema

O prefeito de Mauriti deixou de pagar a empresa do lixo e, em algumas localidades, a situação é caótica. Ex-aliados qualificam a gestão como a pior da história.

08/05/2019 | Madson Vagner

A gestão do prefeito Mano Morais, em Mauriti, parece sem volta no rumo do caos administrativo. Cercado de dívidas e sem solução para equilibrar receita e despesa, Mano acabou deixando de pagar a empresa que fazia a coleta de lixo. Com o abandono da empresa, Mano convenceu a população de que a Prefeitura faria bem o serviço. O resultado é que grande parte do município está tomado pelo lixo.

Além de transtornos, o lixo está possibilitando o aparecimento de doenças infecto contagiosas como a Dengue. A situação mais preocupante é no sitio Buritizinho, que sofre com uma infestação da doença. Para tentar resolver o problema, a população fez cota para comprar carros de mão para limpar as ruas; não deu vencimento e o lixo continua se amontoando.

Aliados do prefeito já começam abandonar a gestão com o mesmo discurso: é a pior gestão da história de Mauriti.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: