e-Política
MadsonVagner
Apesar das pressões, ministro Vélez diz que fica; deputados o querem fora

O ministro da Educação, Ricardo Velez Rodrigues, disse a deputados federais que ficará no posto. Os parlamentares chegaram a pedir sua renúncia.

28/03/2019 | Madson Vagner

Sob intenso desgaste, o ministro da Educação Ricardo Vélez Rodrigues disse, diante de deputados federais, que ficará no posto. Os deputados chegaram a pedir a renúncia do ministro. No encontro, nessa quarta-feira, 27, o ministro comparou o cargo a um “abacaxi do tamanho de um bonde”.

Apesar da garantia, o jornal O Estado de S. Paulo a situação de Vélez é considerada delicada. Segundo O Estado, outro com a cabeça a prêmio é o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que tem enfrentado problemas na articulação política do governo.

Ainda na quarta-feira, o presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais para dizer que Vélez não será exonerado. Também usando as redes sociais, o ministro escreveu que seu “compromisso é com o os brasileiros e seus representantes”. Nos bastidores, a avaliação é que Vélez não tem programa e sua equipe não entende nada de administração.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: