e-Política
MadsonVagner
Apoio branco. Chapa PT, PDT e MDB será informal

A aliança entre o governador Camilo Santana (PT) e o senador Eunício Oliveira deve acontecer informalmente. Apesar da aproximação ter sido construída com o PT, o PDT, comandado pelos irmãos Cid e Ciro Gomes, não aceita a união formal. Para não desagradar ao presidenciável Ciro Gomes, principal opositor da união, a solução será o MDB […]

01/06/2018 | Madson Vagner

A aliança entre o governador Camilo Santana (PT) e o senador Eunício Oliveira deve acontecer informalmente. Apesar da aproximação ter sido construída com o PT, o PDT, comandado pelos irmãos Cid e Ciro Gomes, não aceita a união formal. Para não desagradar ao presidenciável Ciro Gomes, principal opositor da união, a solução será o MDB sair sozinho e o PDT lançar apenas um candidato ao Senado.

A informação é do jornalista Donizete Arruda, na coluna Brasília-Ceará desta sexta-feira, 1º de junho. Segundo Donizete, o nome do PDT ao Senado será Mauro Filho. O ex-governador Cid Gomes deve disputar uma vaga na Câmara dos Deputados e coordenar a campanha do irmão ao Planalto. O PDT estará contemplado com Mauro Filho e o PT com Camilo.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: