e-Política
MadsonVagner
Câmara do Crato entrando no debate sobre a violência

A Câmara do Crato parece ter entrado no ritmo das outras coirmãs, Juazeiro do Norte e Barbalha, ao resolver discutir a violência na região. Depois de um período de inercia, até acordar para o problema, o Legislativo realizou audiência pública para discutir o tema. A casa conseguiu reunir profissionais ligados a segurança, representantes da sociedade […]

21/02/2018 | Madson Vagner

A Câmara do Crato parece ter entrado no ritmo das outras coirmãs, Juazeiro do Norte e Barbalha, ao resolver discutir a violência na região. Depois de um período de inercia, até acordar para o problema, o Legislativo realizou audiência pública para discutir o tema. A casa conseguiu reunir profissionais ligados a segurança, representantes da sociedade civil e autoridades políticas. As opiniões atestaram a sensação de insegurança vivida no triangulo Crajubar. Nos últimos quatro anos a violência vitimou em Crato, Juazeiro e Barbalha, cerca de 800 pessoas. Câmara do Crato, bem vinda a realidade!

 

Transito livre. Não se pode esquecer que o Crato é uma porta de entrada do tráfico no Cariri. Na bagagem o trafica traz a droga que financia o crime organizado e promove os crimes. E o tráfico impressionam no Cariri. Entre 2014 e 2017, quase uma tonelada e meia de drogas e 1,5 mil armas foram apreendidas no Crajubar.

 

Sem estrutura. Apesar da falta de estrutura, as apreensões acontecem devido às ações desempenhadas pelas polícias, por meio da atuação de núcleos de combate ao tráfico e ao crime organizado. É bom lembrar que, além de moda, o debate sobre a violência é necessário.

 

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: