e-Política
MadsonVagner
Camilo ignora decisão dos prefeitos do Cariri e decreta lockdown em todo o Ceará

O decreto veio um dia após reunião de 27 prefeitos do Cariri e Centro Sul, onde ficou decidido medidas mais rígidas, sem adoção de lockdown.

12/03/2021 | Madson Vagner

Depois de orientar prefeitos do Cariri a decidirem sobre medidas de combate a covid-19, o governador Camilo Santana (PT) voltou atrás e anunciou nesta quinta-feira, 11, lockdown em todo o Ceará. A medida veio um dia após reunião de 27 prefeitos do Cariri e Centro Sul, onde ficou decidido medidas mais rígidas; mas, sem adoção de lockdown.

O isolamento rígido, inicialmente, vai desta sexta-feira, 12, até o dia 21. É a primeira vez em que o lockdown é decretado simultaneamente em todos os municípios do Estado. Na “primeira onda” da pandemia, a partir de março de 2020, a medida foi estabelecida de forma escalonada em diferentes regiões do estado.

Até a adoção da medida, pelos menos, 20 municípios já haviam adotado a medida. O último deles foi Caucaia, que anunciou o lockdown na noite desta quinta-feira, minutos antes do anuncio do governador.

Camilo anunciou a medida em transmissão pelas redes sociais. Ao lado do governador, o secretário da Saúde, Dr. Roberto Cabeto, explicou que o lockdown é uma ferramenta fundamental no enfrentamento da Covid-19, evitando a formação de novas mutações e o esgotamento do sistema público de saúde.

Nos últimos dias, o governo estadual anunciou medidas à população, como isenção da conta de água para 379 mil famílias por 2 meses e a distribuição de 1.248 cestas básicas para estudantes da rede estadual de educação. Estão previstas outras 2.105 cestas.

Camilo confirmou, durante a transmissão que novas formas de auxiliar a população serão anunciadas em breve.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: