A Região do Cariri continua com baixa representatividade na Assembleia Legislativa do Ceará e na Câmara Federal. Apenas 7,35% das duas esferas do Legislativo são compostas por caririenses. Foram eleitos para deputados estaduais: Fernando Santana (PT) Guilherme Landim (PDT) e Danniel Oliveira (MDB).

Para Câmara Federal, o Cariri elegeu Idilvan Alencar (PDT) e Pedro Bezerra (PTB). Nomes como Dr. Leitão (PDT), Glêdson Bezerra (PMN) e Normando Sóracles (PSD) ficaram fora da disputa, mesmo com número expressivo de votos.

Já o governador Camilo Santana (PT) conseguiu ampliar os votos, se comparado às eleições de 2014, mas ainda permanece menos votado em Barbalha, seu reduto eleitoral.

(Fonte: Jornal do Cariri).

A Região do Cariri continua com baixa representatividade na Assembleia Legislativa do Ceará e na Câmara Federal. Apenas 7,35% das duas esferas do Legislativo são compostas por caririenses. Foram eleitos para deputados estaduais: Fernando Santana (PT) Guilherme Landim (PDT) e Danniel Oliveira (MDB).

Para Câmara Federal, o Cariri elegeu Idilvan Alencar (PDT) e Pedro Bezerra (PTB). Nomes como Dr. Leitão (PDT), Glêdson Bezerra (PMN) e Normando Sóracles (PSD) ficaram fora da disputa, mesmo com número expressivo de votos.

Já o governador Camilo Santana (PT) conseguiu ampliar os votos, se comparado às eleições de 2014, mas ainda permanece menos votado em Barbalha, seu reduto eleitoral.

(Fonte: Jornal do Cariri).

e-Política
MadsonVagner
Cariri elege cinco deputados e mantém baixa representação

A Região do Cariri continua com baixa representatividade na Assembleia Legislativa do Ceará e na Câmara Federal. Apenas 7,35% das duas esferas do Legislativo são compostas por caririenses. Foram eleitos para deputados estaduais: Fernando Santana (PT) Guilherme Landim (PDT) e Danniel Oliveira (MDB).

Para Câmara Federal, o Cariri elegeu Idilvan Alencar (PDT) e Pedro Bezerra (PTB). Nomes como Dr. Leitão (PDT), Glêdson Bezerra (PMN) e Normando Sóracles (PSD) ficaram fora da disputa, mesmo com número expressivo de votos.

Já o governador Camilo Santana (PT) conseguiu ampliar os votos, se comparado às eleições de 2014, mas ainda permanece menos votado em Barbalha, seu reduto eleitoral.

(Fonte: Jornal do Cariri).

09/10/2018 | Madson Vagner

A Região do Cariri continua com baixa representatividade na Assembleia Legislativa do Ceará e na Câmara Federal. Apenas 7,35% das duas esferas do Legislativo são compostas por caririenses. Foram eleitos para deputados estaduais: Fernando Santana (PT) Guilherme Landim (PDT) e Danniel Oliveira (MDB).

Para Câmara Federal, o Cariri elegeu Idilvan Alencar (PDT) e Pedro Bezerra (PTB). Nomes como Dr. Leitão (PDT), Glêdson Bezerra (PMN) e Normando Sóracles (PSD) ficaram fora da disputa, mesmo com número expressivo de votos.

Já o governador Camilo Santana (PT) conseguiu ampliar os votos, se comparado às eleições de 2014, mas ainda permanece menos votado em Barbalha, seu reduto eleitoral.

(Fonte: Jornal do Cariri).

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: