e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Caso João do Povo: Segurança faz coletiva, Câmara diz que vai esperar e PSDB desliga prefeito

A cúpula da Secretaria de Segurança Pública concedeu entrevista coletiva e o presidente da Câmara diz que vai esperar. Em nota PSDB desliga prefeito Ticiano Tomé.

10/01/2020 | Madson Vagner

A cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Ceará concedeu uma entrevista coletiva nessa quinta-feira, 09. Duas revelações chamaram a atenção: o mandato de prisão para um dos executores e o pedido, que foi negado pela justiça, de prisão preventiva para o prefeito Ticiano Tomé e seu pai, o ex-prefeito Vicente Tomé.

A segunda revelação é o fato da polícia não descartar as outras linhas da investigação; apesar da tese de crime político ter ganho repercussão. O secretário André Costa e o delegado Luiz Eduardo, se limitaram a essas informações sob a justificativa de não atrapalhar as investigações.

Na Câmara de Vereadores de Granjeiro, o presidente Luiz Márcio Pereira, conhecido como Marcim, declarou que “vai esperar mais elementos para tomar alguma providência”. Segundo o Marcim, a Câmara “quer agir quando tiver certeza”.

No município, o PSDB local, partido do prefeito empossado Ticiano Tomé, anunciou sua desfiliação. O partido comunicou o desligamento em nota publicada nessa quinta-feira.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: