e-Política
MadsonVagner
Cid e Ciro Gomes são alvos de operação da PF por reforma da Arena Castelão

Cid e Ciro Gomes estão entre os alvos da operação “Colosseum”, da Polícia Federal (PF), realizada nesta quarta-feira, 15.

15/12/2021 | Madson Vagner

Os irmãos Cid e Ciro Gomes estão entre os alvos da operação “Colosseum”, da Polícia Federal (PF), realizada nesta quarta-feira, 15, por supostas irregularidades na reforma da Arena Castelão, entre os anos de 2010 e 2013. Na época, o atual senador Cid Gomes governava o Estado e conduziu as obras para atender exigências para a realização de jogos da Copa do Mundo de 2014.

Os agentes da PF cumpriram 14 mandados de busca e apreensão na residência do Ciro Gomes e outros endereços em Fortaleza, Meruoca e Juazeiro do Norte, no Ceará, e em São Paulo, Belo Horizonte e São Luís. A PF afirma que há indícios de pagamentos de R$ 11 milhões em propinas, diretamente em dinheiro ou disfarçadas de doações eleitorais, com emissões de notas fiscais fraudulentas por empresas fantasmas.

As supostas propinas, teriam sido pagas para que uma empresa vencesse a licitação das obras e, também, durante a execução do contrato, para que pudesse receber os valores devidos pelo governo do Ceará.

Em nota, a PF afirma que Cid e Ciro poderão responder pelos crimes de lavagem de dinheiro, fraudes em licitações, associação criminosa, corrupção ativa e passiva. A operação foi autorizada pela 32ª Vara da Justiça Federal do Ceará.

Nas redes sociais, Ciro classificou a ordem como “abusiva”, alegando não ter relação com o caso.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: