e-Política
MadsonVagner
Corrida eleitoral em Barbalha; pelo menos 4 disputam indicação de Camilo

Com quatro nomes tentando a indicação do governador Camilo em Barbalha, uma pesquisa interna apontou dois nomes que não estão na disputa.

01/05/2019 | Madson Vagner

A briga pela indicação à sucessão em Barbalha, na base do governo Camilo, deve ter um final feliz bem mais cedo do que o próprio Abolição supunha. Pelo menos quatro nomes ainda sonham compor a chapa apoiada pelo governador. Para resolver o impasse, Camilo autorizou a realização de uma pesquisa para conhecer as possibilidades de cada postulante.

Esses dados, ao chegarem às mãos do PT barbalhense, acabaram criando uma dúvida na cabeça deles. Os dois melhores colocados não são candidatos. O deputado estadual Fernando Santana, que aparece como o petista melhor colocado, disse que ainda é cedo para falar em candidatura.

E a novidade é que, na ausência de Fernando, quem lidera entre os petistas é o ex-prefeito Zé Leite, que tem sido convencido pelo próprio PT, a ficar longe da corrida eleitoral. Apesar da boa colocação, Zé Leite tem a maior rejeição. Por isso, tem que ser descartado.

Correndo por fora

Além de informações quantitativas, a pesquisa do PT em Barbalha revelou as chances dos candidatos qualitativamente. Nomes como o presidente da Câmara, vereador Odair Matos (PT), o ex-presidente Vevé Siqueira (PP), os médicos Marco Rulim (sem partido) e Guilherme Correia (PTD) também aparecem na avaliação. Dos quatro apenas Guilherme não confirma a pretensão.

Apesar do fraco desempenho, os nomes agradaram pela baixa rejeição e potencial elevado de exercer uma liderança maior no Município. Outro detalhe dessa enquete foi a inclusão da professora Jussara Luna, hoje secretária executiva da Secretaria de Educação do Estado. Jussara assumiu a pretensão e teria a confiança de Camilo e Fernando. A professora é filiada ao PDT.

(Com informações da Coluna Rebate, Jornal do Cariri).

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: