O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan (DEM), está respirando aliviado. À espera de uma definição para sua situação, onde deve apoiar a reeleição do governador Camilo Santana (PT) e a candidatura a presidente de Ciro Gomes (PDT), o democrata deve continuar onde estar.

Aliados históricos do PSDB, os dirigentes nacionais do DEM decidiram liberar os diretórios estaduais para construir alianças locais. A medida, divulgada na quarta-feira, dia 14, deixa mais difícil a possiblidade de uma candidatura à Presidência da República, como queria o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No Ceará, Moroni aproveita a turbulência para se garantir na aliança governista, permanecendo como vice de Fortaleza e procurando emplacar o filho, Mosiah Torgan, como candidato a deputado federal. A chapa do DEM à Câmara terá, ainda, o deputado federal Danilo Forte e um nome a ser indicado pelo presidente regional da sigla Chiquinho Feitosa.

(Com informações da Coluna Expresso, Revista Época)

O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan (DEM), está respirando aliviado. À espera de uma definição para sua situação, onde deve apoiar a reeleição do governador Camilo Santana (PT) e a candidatura a presidente de Ciro Gomes (PDT), o democrata deve continuar onde estar.

Aliados históricos do PSDB, os dirigentes nacionais do DEM decidiram liberar os diretórios estaduais para construir alianças locais. A medida, divulgada na quarta-feira, dia 14, deixa mais difícil a possiblidade de uma candidatura à Presidência da República, como queria o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No Ceará, Moroni aproveita a turbulência para se garantir na aliança governista, permanecendo como vice de Fortaleza e procurando emplacar o filho, Mosiah Torgan, como candidato a deputado federal. A chapa do DEM à Câmara terá, ainda, o deputado federal Danilo Forte e um nome a ser indicado pelo presidente regional da sigla Chiquinho Feitosa.

(Com informações da Coluna Expresso, Revista Época)

e-Política
MadsonVagner
DEM libera alianças nos estados

O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan (DEM), está respirando aliviado. À espera de uma definição para sua situação, onde deve apoiar a reeleição do governador Camilo Santana (PT) e a candidatura a presidente de Ciro Gomes (PDT), o democrata deve continuar onde estar.

Aliados históricos do PSDB, os dirigentes nacionais do DEM decidiram liberar os diretórios estaduais para construir alianças locais. A medida, divulgada na quarta-feira, dia 14, deixa mais difícil a possiblidade de uma candidatura à Presidência da República, como queria o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No Ceará, Moroni aproveita a turbulência para se garantir na aliança governista, permanecendo como vice de Fortaleza e procurando emplacar o filho, Mosiah Torgan, como candidato a deputado federal. A chapa do DEM à Câmara terá, ainda, o deputado federal Danilo Forte e um nome a ser indicado pelo presidente regional da sigla Chiquinho Feitosa.

(Com informações da Coluna Expresso, Revista Época)

16/02/2018 | Madson Vagner

O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan (DEM), está respirando aliviado. À espera de uma definição para sua situação, onde deve apoiar a reeleição do governador Camilo Santana (PT) e a candidatura a presidente de Ciro Gomes (PDT), o democrata deve continuar onde estar.

Aliados históricos do PSDB, os dirigentes nacionais do DEM decidiram liberar os diretórios estaduais para construir alianças locais. A medida, divulgada na quarta-feira, dia 14, deixa mais difícil a possiblidade de uma candidatura à Presidência da República, como queria o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No Ceará, Moroni aproveita a turbulência para se garantir na aliança governista, permanecendo como vice de Fortaleza e procurando emplacar o filho, Mosiah Torgan, como candidato a deputado federal. A chapa do DEM à Câmara terá, ainda, o deputado federal Danilo Forte e um nome a ser indicado pelo presidente regional da sigla Chiquinho Feitosa.

(Com informações da Coluna Expresso, Revista Época)

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: