e-Política
MadsonVagner
Deslocado no PSDB, Tasso é disputado por partido Novo e Podemos

A ausência do senador Tasso Jereissati na nova direção nacional do PSDB reacendeu a especulação sobre sua saída da sigla. Partido Novo e Podemos já se disputam o senador.

02/06/2019 | Madson Vagner

A Convenção Nacional do PSDB na sexta-feira, 30 de maio, em Brasília, confirmou uma expectativa já anunciada nos bastidores, o senador Tasso Jereissati não aparece em nenhum cargo da nova direção. Até o Instituto Teotônio Vilela, braço acadêmico da sigla, Tasso repassou para o deputado federal Pedro Cunha Lima, da Paraíba.

Tasso nega, mas há quem garanta que pretende sair do PSDB. Diante da possibilidade, pelo menos, dois partidos no Ceará já confirmaram interesse em ter o senador em seus quadros de filiados. O partido Novo, sob comando do empresário Geraldo Luciano, já se habilitou a receber Tasso. Geraldo avisa que “a porta já está escancarada para o Galeguim”. Outra legenda que sonha com Tasso é o Podemos, do senador Eduardo Girão.

Apesar do desinteresse nas articulações tucana, Tasso ainda emplacou um dos vices no comando nacional. O deputado federal Roberto Pessoa (CE), foi eleito terceiro vice-presidente da executiva nacional. Com a nova executiva, o PSDB lançou as bases para a candidatura de João Doria para o Planalto em 2022.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: