e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Eduardo Girão gasta R$ 74 mil com reforma do gabinete; segunda maior do Senado

Segundo noticiou o site o antagonista, o senador Eduardo Girão gastou R$ 74 mil apenas na reforma estrutural. O senador lidera o grupo “Muda, Senado”.

24/01/2020 | Madson Vagner

O senador cearense Eduardo Girão (Podemos) ganhou repercussão nacional com o valor gasto na reforma do seu gabinete no Senador Federal, em Brasília. Segundo noticiou o site o antagonista, foram gastos R$ 74 mil apenas na reforma estrutural, fora o mobiliário.

No Ceará, a informação foi repercutida pelo jornalista Donizete Arruda, no jornal Ceará News, da Plus FM. Donizete lembrou que o senador teve suas principais propostas de campanha o respeito ao dinheiro público com a redução de gestos de parlamentares.

Apesar dos gastos excessivos, o senador Eduardo Girão lidera um grupo denominado “Muda, Senado”, que debate a redução de regalias e assessorias de senadores.

Recentemente, Eduardo Girão, teve repercussão negativa na região do Cariri ao enviar ofício à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará, pedindo esclarecimentos sobre uma das linhas de pesquisa do Mestrado Profissional em Educação.

Girão acusou a Universidade Regional do Cariri (URCA) de estimular “doutrinação” e “ideologia de gênero”, em um dos seus cursos de Mestrado. A cadeira do Mestrado se intitula como “gênero, educação, sexualidade e diferenças”.

A comunidade acadêmica reagiu e segundo assessoria da URCA, o “respectivo curso tem a finalidade de melhorar a qualidade da educação básica, ao possibilitar a qualidade formativa de docentes atuantes nesse nível de ensino”.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: