e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Em Aurora, Justiça mantém Carlos Macedo fora da eleição; defesa pede reconsideração

O ex-prefeito de Aurora, Carlos Macedo, teve pedido nulidade da sessão da Câmara, que desaprovou suas contas, negado pelo juiz João Pimentel de Brito.

18/06/2020 | Madson Vagner

O ex-prefeito de Aurora, Carlos Macedo, teve pedido nulidade da sessão da Câmara, que desaprovou suas contas de 2006, 2007 e 2008. Sobre o julgamento no Legislativo, realizado em dezembro de 2016, o ex-prefeito alegou não ter sido comunicado e, por consequência, recebido o decido direito à ampla defesa e ao contraditório. A decisão mantém Carlos Macedo inelegível para a eleição municipal deste ano.

No dia 1º de junho, o ex-prefeito teve decisão favorável em decisão do juiz João Pimentel de Brito, da Vara Única de Aurora, anulando outras sessão realizada em novembro de 2016. Desta vez, frente a mesma alegativa de Carlos Macedo, o mesmo juiz disse não proceder o argumento de invalidade por suposta não notificação.

A defesa do ex-prefeito disse que vai pedir uma reconsideração da decisão. Segundo o advogado Luciano Daniel, há documentos importantes que acabaram não sendo levados em consideração no processo. Além disso, deve ser apresentado nova documentação comprobatória.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: