e-Política
MadsonVagner
Em coletiva, prefeito de Milagres anuncia equilíbrio financeiro e novos investimentos

O prefeito de Milagres, Cícero Figueiredo, anunciou em coletiva de imprensa que o município está equilíbrio financeiro.

15/07/2021 | Madson Vagner

A atual situação financeira do Governo Municipal de Milagres foi detalhada pelo prefeito Cícero Figueiredo em coletiva de imprensa na segunda-feira, 12. Figueiredo destacou o pagamento em dia da folha do funcionalismo, bem como dos repasses à PREVIMIL (Fundo de Previdência Municipal de Milagres).

“Os servidores sabem que historicamente ocorria atrasos no repasse da PREVIMIL, mas desde nosso primeiro mês de governo, não atrasamos um dia sequer. Pelo contrário, em algumas ocasiões até antecipamos o repasse dos valores dos servidores descontados em folha”, disse Figueiredo.

Figueiredo destacou ainda o pagamento da folha e metade do 13º salário. “Somente neste mês, injetamos na economia local R$ 2 milhões com o pagamento da folha e R$ 800 mil com a antecipação de 50% do décimo terceiro salário dos servidores”, disse.

O prefeito comemorou o nível verde do CAPAG alcançado com o equilibro financeiro. O CAPAG é a análise da capacidade de pagamento e que apura a situação fiscal dos entes subnacionais que querem contrair novos empréstimos com garantia da União. Ainda segundo o prefeito, a Caixa Econômica Federal já sinalizou, inclusive, com a disponibilidade de linhas de créditos e financiamentos para o município.

O prefeito finalizou ressaltando que Milagres já supera os limites de gastos na saúde e educação estipulados pela Constituição Federal, 15 e 25%, respectivamente, e que o gasto com pessoal está abaixo do que é preconizado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

R$ 2 milhões em pavimentação

Ainda durante a coletiva de imprensa, o prefeito Cicero Figueiredo, anunciou a execução de um projeto de pavimentação em paralelepípedo para vias urbanas com objetivo de expansão para vilas e distritos. Ele diz contar com a garantia de aporte financeiro do Governo do Estado, no valor de R$ 2 milhões.
“Fizemos levantamento das ruas que ainda precisam receber essa obra e posso afirmar que chegaremos muito perto de zerar o déficit de pavimentação na cidade. Assim que os recursos forem disponibilizados, iniciaremos os trabalhos, os quais calculamos que durarão de oito a dez meses”, disse Figueiredo.

O prefeito ainda anunciou as intervenções que serão realizadas nas praças Sete de Setembro e Castelo Branco, com requalificação da arborização.

(Com informações da assessoria de imprensa).

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: