e-Política
MadsonVagner
Em Mauriti, universitários estão sem transporte; podem abandonar estudos

Sem o apoio para o transporte, os universitários de Mauriti cansaram de recorrer ao prefeito Mano Morais e se organizam para levar o caso ao Ministério Público.

29/05/2019 | Madson Vagner

Os estudantes do ensino superior de Mauriti parecem ter cansado de pedir ao prefeito Mano Morais para manter o ônibus que os leva até o campus da Urca em Missão Velha. Sem qualquer posição da gestão os estudantes se organizam para levar o caso ao Ministério Público. Apesar da não obrigatoriedade da Prefeitura, os alunos argumentam que o apoio acontece há décadas pela carência financeira dos alunos.

Para não perder o semestre, os alunos fizeram um esforço para contratar um transporte no valor de R$ 4 mil, mas não há como continuar sem o apoio. Caso não haja apoio do poder público, os estudantes terão que desistir dos cursos. Na avaliação dos estudantes, falta sensibilidade do Poder Executivo e compromisso do Legislativo. Vários vereadores foram acionados e nenhum se propôs a ajudar na articulação junto a Prefeitura. Os alunos estão sozinhos na luta.

ENQUANTO ISSO, o prefeito Mano Morais, parece convicto da sua reeleição. Ele acredita que o desgaste que se arrasta por cerca de 2 anos, nos quase 2 anos e meio de mandato, será vencido com uma grande ação de marketing. Para isso, um profissional de comunicação conhecido já está planejando a recuperação da imagem de Mano.

Apesar da estratégia estar em andamento, a Prefeitura de Mauriti ainda não fez a licitação para contratar a empresa de marketing. Fala-se em uma conta de R$ 500 mil para o plano. Mas, antes de colher os frutos, o prefeito Mano terá que explicar ao Ministério Público como colocou o plano em ação antes de contratar a empresa. Será uma licitação com cartas marcadas?

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: