e-Política
MadsonVagner
Em Nova Olinda, prefeito interino faz série de denúncias contra prefeito afastado

Quem não quer dar sopa para o azar é o prefeito interino de Nova Olinda, Ítalo Brito. Eleito vice-prefeito, Ítalo assumiu após o afastamento do prefeito Afonso Sampaio pela Câmara de Vereadores, para investigação de uso da máquina pública e fraude em contratos. Acusado de articular a queda de Afonso, ao assumir a Prefeitura, Ítalo […]

08/03/2019 | Madson Vagner

Quem não quer dar sopa para o azar é o prefeito interino de Nova Olinda, Ítalo Brito. Eleito vice-prefeito, Ítalo assumiu após o afastamento do prefeito Afonso Sampaio pela Câmara de Vereadores, para investigação de uso da máquina pública e fraude em contratos. Acusado de articular a queda de Afonso, ao assumir a Prefeitura, Ítalo tratou de encomendar uma auditoria interna para juntar provas e formular uma série de denúncias ao Ministério Público.

A primeira denúncia, protocolada na última semana, trata de superfaturamento de contratos praticados na gestão Afonso. Além do superfaturamento, foram encontrados indícios de fraudes em aditivos de fornecedores. A nova gestão já notificou as empresas envolvidas para explicações. De coleta de lixo a material de limpeza, todos estão sendo convocados.

Em outra denúncia feita nessa quinta-feira, 07, Ítalo pediu a abertura de inquérito na Polícia Federal. Na denúncia, uma compra de livros no valor de R$ 556 mil para 2.553 alunos; enquanto que em Jaguaribe uma compra para 5.110 alunos custou R$ 116 mil. A licitação aconteceu em 2018 na gestão de Afonso Sampaio.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: