e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Em Sobral, Cid é baleado ao tentar furar bloqueio de policiais grevistas; está fora de perigo

Depois de uma discursão com policiais militares grevistas, Cid tentou furar o bloqueio usando a retroescavadeira. A tentativa foi repelida com tiros que atingiram o senador.

20/02/2020 | Madson Vagner

O senador Cid Gomes foi baleado nessa quarta-feira, 19, durante tentativa de furar bloqueio de policiais militares em Sobral. Em greve e amotinados no quartel local, os militares impediram a entrada do senador que acusou os grevistas de chantagearem a população da cidade. Horas antes, policiais percorreram o comércio da cidade mandado que fechassem as portas.

Cid chegou no local depois de uma passeata pelas ruas da cidade desde o aeroporto. Acompanhado por centenas de populares e em cima de uma retroescavadeira, Cid discursou no local dizendo que estava ali para promover a paz. No discurso, Cid deu cinco minutos para que os amotinados se retirarem do quartel.

Depois de uma discursão com um dos líderes do movimento, identificado como sargento Ailton, Cid decidiu invadir o local usando a retroescavadeira. A tentativa foi repelida com tiros contra o senador. Segundo informações, dois tiros atingiram o senador, sendo um de borracha (calibre .40) e outro projetil de calibre 38.

Cid foi socorrido ao Hospital do Coração de Sobral e, segundo boletim médico, apesar da gravidade dos ferimentos, o senador Cid está fora de risco. A crise na segurança do Ceará, que culminou, até agora, no atentado ao senador Cid, ganhou repercussão nacional.

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, autorizou o envio de tropas da Força Nacional para auxiliar o Governo do Estado na crise, que já atinge cerca de 35 municípios do estado. Em Sobral, os policiais deixaram as instalações do quartel durante a madrugada.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: