e-Política
MadsonVagner
Em Várzea Alegre, base do prefeito veta discussão sobre alteração no regime do servidor

A maioria dos vereadores rejeitaram requerimento para audiência pública que discutiria o projeto sobre o novo regime do servidor público do município.

18/08/2021 | Madson Vagner

O prefeito de Várzea Alegre, Zé Helder, está sendo acusado de ditador. Ele tem dado exemplo de como passar um projeto na Câmara, no estilo rolo compressor, sem qualquer discussão. Zé Helder enviou à Câmara projeto que altera o regime dos servidores municipais e, segundo vereadores de oposição, as propostas sugeridas pelo sindicato não estão contempladas.

Na sessão do dia 11, a maioria dos parlamentares rejeitou requerimento para audiência pública que discutiria o projeto. Era a oportunidade de ficar frente a frente: gestão, servidores e sindicato. O autor da proposta, vereador Pedro Bitu, classificou a atitude como antidemocrática.

Sociedade e servidores não tiveram acesso ao novo estatuto. O projeto está nas comissões e deve ir ao plenário em regime de urgência. A expectativa é de prejuízos aos servidores. O caso pode ser denunciado à Justiça.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: