e-Política
MadsonVagner
Ex-governador e candidato ao Senado é preso no Paraná

Em mais uma etapa da Operação Lava Jato, a 53ª, o ex-governador do Paraná Beto Richa, candidato ao Senado pelo PSDB, foi preso na manhã desta terça-feira, 11. A ação foi organizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Curitiba, no Paraná. Além da prisão, a casa de Beto Richa […]

11/09/2018 | Madson Vagner

Em mais uma etapa da Operação Lava Jato, a 53ª, o ex-governador do Paraná Beto Richa, candidato ao Senado pelo PSDB, foi preso na manhã desta terça-feira, 11. A ação foi organizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Curitiba, no Paraná. Além da prisão, a casa de Beto Richa foi alvo de mandado de busca e apreensão.

Beto Richa é alvo de operações do Ministério Público do Paraná (MP-PR), que pediu sua prisão, e da Polícia Federal (PF), em uma nova fase da Lava Jato. A defesa do ex-governador informou que até agora não sabe qual a razão das ordens judiciais e que ainda não teve acesso à investigação. A esposa do ex-governador, Fernanda Richa, também, foi presa.

O objetivo da investigação é apurar suposto pagamento de vantagem indevida em 2014, pelo Setor de Operações Estruturadas do Grupo Odebrecht em favor de agentes públicos e privados no Paraná. As condutas investigadas podem configurar os delitos de corrupção ativa e passiva, fraude à licitação e lavagem de dinheiro.

A defesa de Richa disse que vai ajuizar um habeas corpus, ainda nesta terça-feira.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: