O Ibope divulgou a terceira pesquisa deste segundo turno da eleição para presidente, neste sábado, 27. Segundo o levantamento, se a eleição fosse hoje, Jair Bolsonaro (PSL) venceria com 54% dos votos válidos. O petista Fernando Haddad ficaria com 46% das intensões de votos. Apesar de manter a liderança, o resultado demonstra uma tendência de queda de Bolsonaro.

No início do segundo turno a diferença chegou a 18%, estando hoje em 8%; uma queda de 10%. Nos votos totais, quando são considerados os votos brancos, nulos e indecisos, a diferença é ainda menor. Bolsonaro aparece com 47% contra 41 de Haddad, uma diferença de 6%. Brancos e nulos somaram 10%; não souberam 2%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 26 e 27 de outubro. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, confiança de 95% e está registrado na Justiça Eleitoral.

Outras pesquisas divulgadas neste sábado:

Datafolha: Bolsonaro 55% x 45% Haddad

CNT/MDA: Bolsonaro 56,8% x 43,2%

Vox Populi: Bolsonaro 50% x 50% Haddad

O Ibope divulgou a terceira pesquisa deste segundo turno da eleição para presidente, neste sábado, 27. Segundo o levantamento, se a eleição fosse hoje, Jair Bolsonaro (PSL) venceria com 54% dos votos válidos. O petista Fernando Haddad ficaria com 46% das intensões de votos. Apesar de manter a liderança, o resultado demonstra uma tendência de queda de Bolsonaro.

No início do segundo turno a diferença chegou a 18%, estando hoje em 8%; uma queda de 10%. Nos votos totais, quando são considerados os votos brancos, nulos e indecisos, a diferença é ainda menor. Bolsonaro aparece com 47% contra 41 de Haddad, uma diferença de 6%. Brancos e nulos somaram 10%; não souberam 2%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 26 e 27 de outubro. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, confiança de 95% e está registrado na Justiça Eleitoral.

Outras pesquisas divulgadas neste sábado:

Datafolha: Bolsonaro 55% x 45% Haddad

CNT/MDA: Bolsonaro 56,8% x 43,2%

Vox Populi: Bolsonaro 50% x 50% Haddad

e-Política
MadsonVagner
IBOPE. Diferença entre Bolsonaro e Haddad cai para 8%

O Ibope divulgou a terceira pesquisa deste segundo turno da eleição para presidente, neste sábado, 27. Segundo o levantamento, se a eleição fosse hoje, Jair Bolsonaro (PSL) venceria com 54% dos votos válidos. O petista Fernando Haddad ficaria com 46% das intensões de votos. Apesar de manter a liderança, o resultado demonstra uma tendência de queda de Bolsonaro.

No início do segundo turno a diferença chegou a 18%, estando hoje em 8%; uma queda de 10%. Nos votos totais, quando são considerados os votos brancos, nulos e indecisos, a diferença é ainda menor. Bolsonaro aparece com 47% contra 41 de Haddad, uma diferença de 6%. Brancos e nulos somaram 10%; não souberam 2%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 26 e 27 de outubro. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, confiança de 95% e está registrado na Justiça Eleitoral.

Outras pesquisas divulgadas neste sábado:

Datafolha: Bolsonaro 55% x 45% Haddad

CNT/MDA: Bolsonaro 56,8% x 43,2%

Vox Populi: Bolsonaro 50% x 50% Haddad

27/10/2018 | Madson Vagner

O Ibope divulgou a terceira pesquisa deste segundo turno da eleição para presidente, neste sábado, 27. Segundo o levantamento, se a eleição fosse hoje, Jair Bolsonaro (PSL) venceria com 54% dos votos válidos. O petista Fernando Haddad ficaria com 46% das intensões de votos. Apesar de manter a liderança, o resultado demonstra uma tendência de queda de Bolsonaro.

No início do segundo turno a diferença chegou a 18%, estando hoje em 8%; uma queda de 10%. Nos votos totais, quando são considerados os votos brancos, nulos e indecisos, a diferença é ainda menor. Bolsonaro aparece com 47% contra 41 de Haddad, uma diferença de 6%. Brancos e nulos somaram 10%; não souberam 2%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 26 e 27 de outubro. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, confiança de 95% e está registrado na Justiça Eleitoral.

Outras pesquisas divulgadas neste sábado:

Datafolha: Bolsonaro 55% x 45% Haddad

CNT/MDA: Bolsonaro 56,8% x 43,2%

Vox Populi: Bolsonaro 50% x 50% Haddad

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: