e-Política
MadsonVagner
Jati e Porteiras na mira do Ministério Público; saúde e ação social sob suspeita

Bem mais séria, a denúncia de Jati envolve falhas no transporte de pacientes, falta de medicamentos, superfaturamento em licitações e falta de transparência na gestão da vacina contra o covid-19.

13/11/2021 | Madson Vagner

As ações da Saúde e Ação Social de Jati e Porteiras foram alvo do Ministério Público do Estado no dia 09. Durante uma visita, promotores procuraram por irregularidades em equipamentos de saúde e Conselho Tutelar. Bem mais séria, a denúncia de Jati envolve falhas no transporte de pacientes, falta de medicamentos, superfaturamento em licitações e falta de transparência na gestão da vacina contra o covid-19.

A prefeita Mônica Mariano terá que explicar, o que os servidores se recusaram dizer. Claro, os servidores estavam pressionados pela presença da secretária de Saúde, Tânia Caroline. O promotor André Barroso averiguou e pegou depoimentos. A robustez de uma futura ação depende dessa visita.

Nos dois municípios, o promotor conheceu as condições dos conselhos tutelares. O promotor André conheceu instalações e discutiu demandas com os conselheiros. Nas duas cidades, não houve a presença de vereadores durante as visitas.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: