e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Juazeiro mantém tradição de não reeleger prefeito; Glêdson vence Arnon

São seis eleições sem que um prefeito seja reeleito em Juazeiro do Norte. Nesse dia 15, o prefeito Arnon Bezerra foi derrotado pelo candidato da oposição, Glêdson Bezerra.

17/11/2020 | Madson Vagner

Desde a instituição da reeleição em 1997, através da PEC 4/1997, aprovado pelo Congresso, a reeleição nunca se efetivou em Juazeiro do Norte. São seis eleições sem que um prefeito seja reeleito no município. Neste ano, a vítima foi o prefeito Arnon Bezerra (PTB), que liderou todas as pesquisas de intensão de votos, mas acabou derrotado pelo candidato do Podemos, Glêdson Bezerra, no domingo dia 15.

Glêdson venceu Arnon com uma maioria de 2.636 votos, ou 1,9% dos eleitores, num universo de 132.824, que representa 92,28% dos que compareceram às urnas e declaram preferência por um candidato. Outros 3.257 (2,26%) votaram em branco e 7.850 (5,45%) acabaram anulando o voto. Glêdson teve 50.715 (38,1%) votos contra 48.079 (36,20%) de Arnon Bezerra.

Polarizada entre Arnon e Glêdson, a disputa teve as candidaturas do deputado estadual Nelinho Freitas (PSDB), que obteve 18,91% ou 25.114 votos, além da ex-deputada Ana Paula Cruz (PSB) com 3,84%, ou 5.100 votos, e Demontieux Cinquentinha (Psol) com 3.816 votos.

Após o resultado, Glêdson avaliou a disputa como “muito dura” e reclamou do que chamou manipulação por parte das pesquisas. Sobre as ações para a nova gestão, Glêdson disse que a prioridade será a revisão das contas públicas com foco nos contratos para cortar gastos. “Se conseguirmos economizar, teremos dinheiro suficiente para fazer o que Juazeiro precisa,” disse.

Glêdson é vereador por três mandatos, sendo o mais votado da história de Juazeiro com 4.365 votos na eleição de 2016. Na Câmara liderou a oposição durante a segunda metade do mandato do prefeito Arnon Bezerra. No biênio 2017-2018, Glêdson foi presidente do Legislativo, quando se destacou pela gestão realizada a frente do Poder.

Glêdson será o 45º prefeito de Juazeiro do Norte, desde a emancipação política em 1911. Padre Cicero foi o primeiro gestor do município.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: