e-Política
MadsonVagner
Justiça manda prender novamente José Dirceu; virou rotina

José Dirceu buscava reversão da condenação na Operação Lava Jato, que foi negada pela Quarta Turma do TRF4. A pena deve ser cumprida em Curitiba.

17/05/2019 | Madson Vagner

Um dos maiores ícones da esquerda brasileira, o ex-ministro José Dirceu (PT), foi preso nesta sexta-feira, 17, por decisão da Quarta Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que negou recurso do ex-ministro. A decisão foi enviada à 13ª Vara Federal de Curitiba, tendo como base o entendimento atual do Supremo Tribunal Federal (STF), que permite prisão após condenação em segunda instância.

José Dirceu buscava reversão da segunda condenação na Operação Lava Jato, onde foi condenado a pena de 8 anos e 10 meses pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ele é acusado de R$ 2,1 milhões em propina de contratos na Petrobras, entre 2009 e 2012. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), parte desse valor foi recebido por meio de 118 voos em táxis-aéreos.

Após a decisão dessa quinta-feira, 16, o ex-ministro divulgou um áudio nas redes sociais comentando a atual situação do país. “O Brasil já está mudando, o vulcão está em erupção”, disse. Sobre a decisão do TRF4, Dirceu disse: “Eu me preparei para isso, vou retomar o segundo volume lá, vou ler mais, manter a saúde, manter o contato, viu?” disse.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: