Em Barro, a população não entendeu nada a decisão do prefeito Marquinélio Tavares (PDT). Decidido a votar no correligionário Guilherme Landim, Marquinélio acabou mudando de lado e vai votar em Domingos Filho para estadual e Domingos Neto para federal. Nem os protestos da sua base política fez o prefeito voltar atrás e cumprir o prometido.

Por não se manifestar sobre o apoio aos Domingos, Filho e Neto, o prefeito Marquinélio tem enfrentado uma série de especulações sobre a mudança. O fato de não haver aproximação com as lideranças, é avaliada como provável motivação suporte financeiro e/ou proteção no Tribunal de Contas do Ceará (TCE), onde Domingos Filho foi membro e tem muitos “amigos”.

Claro tudo especulação. Fato é que Marquinélio já foi cassado e nessa legislatura enfrenta muita desconfiança administrativa.

Em Barro, a população não entendeu nada a decisão do prefeito Marquinélio Tavares (PDT). Decidido a votar no correligionário Guilherme Landim, Marquinélio acabou mudando de lado e vai votar em Domingos Filho para estadual e Domingos Neto para federal. Nem os protestos da sua base política fez o prefeito voltar atrás e cumprir o prometido.

Por não se manifestar sobre o apoio aos Domingos, Filho e Neto, o prefeito Marquinélio tem enfrentado uma série de especulações sobre a mudança. O fato de não haver aproximação com as lideranças, é avaliada como provável motivação suporte financeiro e/ou proteção no Tribunal de Contas do Ceará (TCE), onde Domingos Filho foi membro e tem muitos “amigos”.

Claro tudo especulação. Fato é que Marquinélio já foi cassado e nessa legislatura enfrenta muita desconfiança administrativa.

e-Política
MadsonVagner
Marquinélio sem resposta sobre apoio aos Domingos em Barro

Em Barro, a população não entendeu nada a decisão do prefeito Marquinélio Tavares (PDT). Decidido a votar no correligionário Guilherme Landim, Marquinélio acabou mudando de lado e vai votar em Domingos Filho para estadual e Domingos Neto para federal. Nem os protestos da sua base política fez o prefeito voltar atrás e cumprir o prometido.

Por não se manifestar sobre o apoio aos Domingos, Filho e Neto, o prefeito Marquinélio tem enfrentado uma série de especulações sobre a mudança. O fato de não haver aproximação com as lideranças, é avaliada como provável motivação suporte financeiro e/ou proteção no Tribunal de Contas do Ceará (TCE), onde Domingos Filho foi membro e tem muitos “amigos”.

Claro tudo especulação. Fato é que Marquinélio já foi cassado e nessa legislatura enfrenta muita desconfiança administrativa.

25/07/2018 | Madson Vagner

Em Barro, a população não entendeu nada a decisão do prefeito Marquinélio Tavares (PDT). Decidido a votar no correligionário Guilherme Landim, Marquinélio acabou mudando de lado e vai votar em Domingos Filho para estadual e Domingos Neto para federal. Nem os protestos da sua base política fez o prefeito voltar atrás e cumprir o prometido.

Por não se manifestar sobre o apoio aos Domingos, Filho e Neto, o prefeito Marquinélio tem enfrentado uma série de especulações sobre a mudança. O fato de não haver aproximação com as lideranças, é avaliada como provável motivação suporte financeiro e/ou proteção no Tribunal de Contas do Ceará (TCE), onde Domingos Filho foi membro e tem muitos “amigos”.

Claro tudo especulação. Fato é que Marquinélio já foi cassado e nessa legislatura enfrenta muita desconfiança administrativa.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: