e-Política
MadsonVagner
MDB de Lavras quer expulsar vereador por infidelidade partidária

O vereador Titil Lobo é acusado de infidelidade partidária por não ter seguido a orientação de manter na oposição ao prefeito Ronaldo da Madeireira.

16/06/2021 | Madson Vagner

O vereador de Lavras da Mangabeira, Titil Lobo, está sob ameaça de perder o seu mandato. O parlamentar é acusado de infidelidade partidária pela direção estadual do MDB, seu partido. Titil não tem seguido a orientação do diretório municipal para se manter no grupo de oposição ao prefeito Ronaldo da Madeireira, do PSD.

Desde que assumiu ser da base do prefeito, o vereador tem sido orientado a retornar à oposição, o que não foi feito. Titil insiste em se aliar a Ronaldo e, agora, o partido deve iniciar o processo de expulsão e chamar o primeiro suplente Vicente Neto. Titil ficou conhecido em todo o estado por avaliações cômicas, como requerer que fosse liberado e incentivado o uso de bebidas alcóolicas para combater a covid-19.

Na base do vereador, muitas críticas a decisão. Entre as principais acusações, uma articulação para beneficiar o Vicente Neto, neto do senador Eunício Oliveira, irmão do deputado Daniel Oliveira e filho da ex-prefeita Dena.

A perda do mandato deve ser decidida na Justiça Eleitoral, mas a decisão de expulsão deve ser mantida pelo partido. O vereador Titil Lobo garante estar tranquilo e que acredita permanecer no mandato.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: