e-Política
MadsonVagner
MDB quer proibir alianças fora do partido; vai limitar fundo partidário

Uma portaria assinada pelo ex-senador Eunício Oliveira, limita o recebimento do fundo partidário aos candidatos que apoiarão nomes de dentro do MDB.

25/08/2021 | Madson Vagner

Uma portaria assinada pelo ex-senador Eunício Oliveira, presidente do MDB no Ceará, estremeceu vários os acordos firmados entre nomes do partido com candidatos de outros partidos. A portaria limita o recebimento do fundo partidário aos candidatos que apoiarão os candidatos dentro do MDB. A medida seria para fortalecer a sigla nas eleições do próximo ano.

A decisão atinge em cheio nomes como Davi de Raimundão, em Juazeiro do Norte, e Agenor Neto, em Iguatu. Davi tem aliança fechada com o colega de Assembleia, Nelinho Freitas, do PSDB, que será candidato a federal. Os dois estiveram na mesma chapa como candidatos a prefeito e vice na eleição municipal de 2020.

Na mesma situação está Agenor Neto, que fechou parceria com Janaina Farias, assessora do governador Camilo Santana. Agora, a dúvida: Camilo intercederá junto a Eunício para salvar Davi e Agenor Neto. Aliados dos dois deputados estaduais mandam um recado a Eunício: a proibição não mudará seus acordos eleitorais.

(Foto: arquivo do MDB, tirada antes da pandemia do covid-19. Notícia com informações da Coluna Rebate, Jornal do Cariri).

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: