e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Ministério Público investiga responsabilidade de Bolsonaro em superprodução de cloroquina

O Laboratório do Exército aumentou em 84 vezes a produção de cloroquina em comparação ao mesmo período do ano passado. Os insumos foram adquiridos com superfaturamento.

04/08/2020 | Madson Vagner

O Ministério Público (MP) solicitou ao Tribunal de Contas da União (TCU), uma investigação sobre a compra de insumos para a produção de cloroquina pelo Exército. A compra foi feita na Índia sem licitação e custou seis vezes mais que o valor pago pelo Ministério da Saúde no ano passado.

Segundo o MP, a produção do medicamento feita pelo Laboratório Químico e Farmacêutico do Exército, aumentou 84 vezes nos últimos meses em relação ao mesmo período do ano passado. O processo apura, entre outros, a responsabilidade direta do presidente Jair Bolsonaro na decisão de aumentar a produção de cloroquina.

O medicamento tem sido defendido para o tratamento de pessoas infectadas pelo covid-19, mesmo sem nenhuma comprovação científica da eficácia. O pedido do Ministério Público aguarda o parecer da secretaria do TCU para, então, ser analisado pelo plenário do órgão. A solicitação foi feita pelo subprocurador-geral Lucas Furtado.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: