e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Ministro da Educação demonstra despreparo; errou na conta dos chocolates

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou chocolates para explicar o bloqueio no orçamento das universidades. Errou o percentual exemplificado.

10/05/2019 | Madson Vagner

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, parece ter esquecido o que aprendeu na Universidade de São Paulo (USP), onde se formou como economista. Ao usar chocolates para explicar o bloqueio de 30% do orçamento das universidades públicas, o ministro disse que o bloqueio significa apenas três chocolates e meio, em meio aos 100 apresentados como o orçamento das universidades.

Weintraub disse: “a gente está pedindo simplesmente que desses 100 chocolates 3 chocolatinhos e meio (…) deixa para comer depois de setembro.” O correto seriam 30 chocolates, não três e meio. Há uma semana, o ministro havia anunciado que a avaliação de alfabetização infantil do país custaria R$ 500 mil, quando o correto seria R$ 500 milhões. Em ambos os casos, MEC não explicou os equívocos.

Ainda sobre o corte nos recursos das universidade, há dois dias Weintraub discordou do uso do termo ‘corte’. Ele disse que haveria ‘contingenciamento’, o que sinalizaria a intenção de liberar os valores posteriormente. Mas, nada confirmado oficialmente.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: