e-Política
MadsonVagner
Na berlinda, Macedão e o filho podem ficar inelegíveis por 8 anos

O deputado federal Macedão (PP) pode perder seus direitos político e não concorrer à eleição deste ano. O deputado é acusado de abuso político e econômico usando a estrutura do Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas). Macedão foi condenado em primeira instância e espera decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), que […]

04/07/2018 | Madson Vagner

O deputado federal Macedão (PP) pode perder seus direitos político e não concorrer à eleição deste ano. O deputado é acusado de abuso político e econômico usando a estrutura do Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas). Macedão foi condenado em primeira instância e espera decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), que iniciou o julgamento nessa terça-feira, 03.

O filho do deputado Macedão, Paulinho Macedo (PP), que concorreu as eleições municipais de 2016 em Cascavel, também está condenado em primeira instância pelo mesmo motivo. Ambos podem ficar 8 anos inelegíveis. Durante a sessão do Pleno do TRE, após o voto do relator, o jurista Tiago Asfor Lima, pediu vistas ao processo por existir ação semelhante do município de Cascavel.

O processo deve voltar à pauta em até duas sessões, quando serão conhecidos os votos do jurista Tiago Asfor Lima; do juiz Roberto Viana Diniz de Freitas; do juiz federal Alcidez Saldanha Lima; e do desembargador Haroldo Correia de Oliveira Máximo. O relator, juiz Francisco Torquato Scorsafava, já votou pela condenação dos réus.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: