e-Política
MadsonVagner
No Cariri, operação afasta vereadores e prende ex-prefeito; 52 investigados

A “Operação Públio Vatínio” contou com 203 policiais, que cumpriram 97 mandados judiciais em Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Várzea Alegre e Fortaleza.

18/11/2021 | Madson Vagner

Uma operação da Polícia Civil,com o objetivo de desarticular uma organização criminosa com envolvimento na exploração do Jogo do Bicho e crimes contra administração pública na região do Cariri, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira, 18.

Ao todo, a “Operação Públio Vatínio” contou com 203 policiais, que cumpriram 97 mandados judiciais. Foram 43 de busca e apreensão e cinco de medidas cautelares, seis de afastamento das funções públicas (vereadores e servidores públicos) e 43 apreensões de veículos, imóveis, bloqueio de contas bancárias e fundos de investimento.

Os mandados foram cumpridos em endereços nas cidades de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Várzea Alegre e Fortaleza. As ordens judiciais foram expedidas pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas em Fortaleza.

A investigação constatou que os 52 investigados movimentaram mais de R$ 400 milhões no período de 2014 a 2020. Entre os crimes investigados estão fraudes à licitação e outros contra a administração pública no município de Juazeiro do Norte, no período de 2014 a 2020.

Três vereadores de Juazeiro envolvidos

Em Juazeiro do Norte, os agentes da Polícia Civil, cumpriram mandados de busca e apreensão nas casas dos vereadores Darlan Lobo, presidente da Câmara, Beto Primo e Capitão Vieira, vice-presidente. Os parlamentares não se manifestaram com alegativa de não terem sido notificados. Segundo informações, os vereadores teriam sido também afastados de seus cargos e obrigados ao uso de tornozeleira. Caso, seja confirmado o afastamento, devem assumir as vagas os suplentes Auricélia Bezerra, Jesualdo e Romão França.

Ex-prefeito de Várzea Alegre preso

O ex-prefeito de Várzea Alegre Vanderlei Freire é um dos alvos da operação “Públio Vatínio”. Na casa do ex-gestor foram apreendidos veículos e dinheiro. Vanderlei foi preso em flagrante, por porte ilegal de arma. Foram encontrados cinco armas na residência, sendo que uma não tinha registro.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: