Para quem ainda tinha dúvidas sobre a disposição petista em ter o MDB como aliado no Ceará, o deputado federal José Guimarães, vice-presidente nacional do partido, mandou um recado claro. Guimarães convidou o deputado federal Moses Rodrigues (MDB) para coordenar a campanha do partido à Presidência em todo o Norte do Estado.

Além de confirmar a disposição pela aliança com o MDB, a atitude de Guimarães pode ser entendida como uma afronta ao PDT de Cid e Ciro Gomes, que é pré-candidato a presidente. Moses disputou a eleição municipal contra os pedetistas e na região norte é avaliado como adversário de primeiro grau.

Diante do convite, Moses aceitou e acabou confirmando que o nome do PT à presidência será mesmo o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. “Aceito o convite, pois o Haddad é ligado à educação um área que tem relação com nossa vocação”, disse. Guimarães articula um encontro de Moses com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman.

Sobre o caso, o ex-governador Cid Gomes, pré-candidato ao Senado, disse achar normal e avaliou que a coordenação estava em boas mãos.

Para quem ainda tinha dúvidas sobre a disposição petista em ter o MDB como aliado no Ceará, o deputado federal José Guimarães, vice-presidente nacional do partido, mandou um recado claro. Guimarães convidou o deputado federal Moses Rodrigues (MDB) para coordenar a campanha do partido à Presidência em todo o Norte do Estado.

Além de confirmar a disposição pela aliança com o MDB, a atitude de Guimarães pode ser entendida como uma afronta ao PDT de Cid e Ciro Gomes, que é pré-candidato a presidente. Moses disputou a eleição municipal contra os pedetistas e na região norte é avaliado como adversário de primeiro grau.

Diante do convite, Moses aceitou e acabou confirmando que o nome do PT à presidência será mesmo o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. “Aceito o convite, pois o Haddad é ligado à educação um área que tem relação com nossa vocação”, disse. Guimarães articula um encontro de Moses com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman.

Sobre o caso, o ex-governador Cid Gomes, pré-candidato ao Senado, disse achar normal e avaliou que a coordenação estava em boas mãos.

e-Política
MadsonVagner
No Ceará, PT e MDB estão mais aliados do que nunca

Para quem ainda tinha dúvidas sobre a disposição petista em ter o MDB como aliado no Ceará, o deputado federal José Guimarães, vice-presidente nacional do partido, mandou um recado claro. Guimarães convidou o deputado federal Moses Rodrigues (MDB) para coordenar a campanha do partido à Presidência em todo o Norte do Estado.

Além de confirmar a disposição pela aliança com o MDB, a atitude de Guimarães pode ser entendida como uma afronta ao PDT de Cid e Ciro Gomes, que é pré-candidato a presidente. Moses disputou a eleição municipal contra os pedetistas e na região norte é avaliado como adversário de primeiro grau.

Diante do convite, Moses aceitou e acabou confirmando que o nome do PT à presidência será mesmo o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. “Aceito o convite, pois o Haddad é ligado à educação um área que tem relação com nossa vocação”, disse. Guimarães articula um encontro de Moses com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman.

Sobre o caso, o ex-governador Cid Gomes, pré-candidato ao Senado, disse achar normal e avaliou que a coordenação estava em boas mãos.

06/07/2018 | Madson Vagner

Para quem ainda tinha dúvidas sobre a disposição petista em ter o MDB como aliado no Ceará, o deputado federal José Guimarães, vice-presidente nacional do partido, mandou um recado claro. Guimarães convidou o deputado federal Moses Rodrigues (MDB) para coordenar a campanha do partido à Presidência em todo o Norte do Estado.

Além de confirmar a disposição pela aliança com o MDB, a atitude de Guimarães pode ser entendida como uma afronta ao PDT de Cid e Ciro Gomes, que é pré-candidato a presidente. Moses disputou a eleição municipal contra os pedetistas e na região norte é avaliado como adversário de primeiro grau.

Diante do convite, Moses aceitou e acabou confirmando que o nome do PT à presidência será mesmo o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. “Aceito o convite, pois o Haddad é ligado à educação um área que tem relação com nossa vocação”, disse. Guimarães articula um encontro de Moses com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman.

Sobre o caso, o ex-governador Cid Gomes, pré-candidato ao Senado, disse achar normal e avaliou que a coordenação estava em boas mãos.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: