e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Obras do Cinturão das Águas vai paralisar; municípios lamentam

A decisão do governador Camilo Santana, por meio de decreto, caiu como um balde de água fria para municípios como Jati, Missão Velha, Barbalha e Crato.

04/10/2019 | Madson Vagner

Para os municípios que esperavam a retomada das obras do Cinturão das Águas, que receberá águas da Transposição do São Francisco, a decisão do governador Camilo Santana (PT) caiu como um balde de água fria. Municípios como Jati, Missão Velha, Barbalha e Crato, esperava melhorar a arrecadação para finalizar o ano, que antecede as eleições municipais. Um decreto de Camilo, com data retroativa a 6 de agosto, suspendeu as atividades do Consórcio Águas do Cariri.

A suspensão será até o pagamento das pendencias com as construtoras Marquise e EIT. A obra está orçada em R$ 320 milhões e dos R$ 70 milhões, previstos pelo Governo Federal, apenas R$ 10 milhões foram transferidos. A dívida chega a R$ 42 milhões. Agora os prefeitos devem recorrer a outras fontes para quitar com fornecedores e folha de 13º salário de servidores.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: