O prefeito de Aurora, Júnior Macedo, do MDB, parece ter pego gosto pela coisa administrativa. Depois de um início com muitas dificuldades motivadas pela crise econômica e a conturbação causada pelo processo eleitoral político, o jovem gestor comemora um fim de ano com equilíbrio fiscal.

Júnior reuniu a equipe e relatou as conquistas. A Prefeitura já pagou o 13º e os salários estão em dia; não existe débitos com fornecedores e os restos a pagar não passarão de 10% de todo o movimento mensal e tem como motivo a burocracia.

A previsão é que até o final de dezembro a economia local tenha um incremento de R$ 1,8 milhão somente do poder público. O município está dentro do limite de gastos com pessoal e renovou a frota de veículos. Micro ônibus, ambulâncias e novas viaturas do PSF fazem parte das aquisições. A comemoração não foi à toa!

DESAFIO. Apesar do equilíbrio fiscal, o prefeito Júnior Macedo, terá um desafio pela frente, onde precisará de habilidade política. Precisará da orientação do ex-prefeito Adailton Macedo, para articular uma aproximação ao novo presidente da mesa diretora da Câmara, o vereador Budu Lima (PDT). O vereador é foi eleito na coligação do ex-candidato Wilames Freire, ligado ao ex-prefeito Carlos Macedo, seu principal adversário político.

O prefeito de Aurora, Júnior Macedo, do MDB, parece ter pego gosto pela coisa administrativa. Depois de um início com muitas dificuldades motivadas pela crise econômica e a conturbação causada pelo processo eleitoral político, o jovem gestor comemora um fim de ano com equilíbrio fiscal.

Júnior reuniu a equipe e relatou as conquistas. A Prefeitura já pagou o 13º e os salários estão em dia; não existe débitos com fornecedores e os restos a pagar não passarão de 10% de todo o movimento mensal e tem como motivo a burocracia.

A previsão é que até o final de dezembro a economia local tenha um incremento de R$ 1,8 milhão somente do poder público. O município está dentro do limite de gastos com pessoal e renovou a frota de veículos. Micro ônibus, ambulâncias e novas viaturas do PSF fazem parte das aquisições. A comemoração não foi à toa!

DESAFIO. Apesar do equilíbrio fiscal, o prefeito Júnior Macedo, terá um desafio pela frente, onde precisará de habilidade política. Precisará da orientação do ex-prefeito Adailton Macedo, para articular uma aproximação ao novo presidente da mesa diretora da Câmara, o vereador Budu Lima (PDT). O vereador é foi eleito na coligação do ex-candidato Wilames Freire, ligado ao ex-prefeito Carlos Macedo, seu principal adversário político.

e-Política
MadsonVagner
Prefeito de Aurora pegando gosto pela administração

O prefeito de Aurora, Júnior Macedo, do MDB, parece ter pego gosto pela coisa administrativa. Depois de um início com muitas dificuldades motivadas pela crise econômica e a conturbação causada pelo processo eleitoral político, o jovem gestor comemora um fim de ano com equilíbrio fiscal.

Júnior reuniu a equipe e relatou as conquistas. A Prefeitura já pagou o 13º e os salários estão em dia; não existe débitos com fornecedores e os restos a pagar não passarão de 10% de todo o movimento mensal e tem como motivo a burocracia.

A previsão é que até o final de dezembro a economia local tenha um incremento de R$ 1,8 milhão somente do poder público. O município está dentro do limite de gastos com pessoal e renovou a frota de veículos. Micro ônibus, ambulâncias e novas viaturas do PSF fazem parte das aquisições. A comemoração não foi à toa!

DESAFIO. Apesar do equilíbrio fiscal, o prefeito Júnior Macedo, terá um desafio pela frente, onde precisará de habilidade política. Precisará da orientação do ex-prefeito Adailton Macedo, para articular uma aproximação ao novo presidente da mesa diretora da Câmara, o vereador Budu Lima (PDT). O vereador é foi eleito na coligação do ex-candidato Wilames Freire, ligado ao ex-prefeito Carlos Macedo, seu principal adversário político.

19/12/2018 | Madson Vagner

O prefeito de Aurora, Júnior Macedo, do MDB, parece ter pego gosto pela coisa administrativa. Depois de um início com muitas dificuldades motivadas pela crise econômica e a conturbação causada pelo processo eleitoral político, o jovem gestor comemora um fim de ano com equilíbrio fiscal.

Júnior reuniu a equipe e relatou as conquistas. A Prefeitura já pagou o 13º e os salários estão em dia; não existe débitos com fornecedores e os restos a pagar não passarão de 10% de todo o movimento mensal e tem como motivo a burocracia.

A previsão é que até o final de dezembro a economia local tenha um incremento de R$ 1,8 milhão somente do poder público. O município está dentro do limite de gastos com pessoal e renovou a frota de veículos. Micro ônibus, ambulâncias e novas viaturas do PSF fazem parte das aquisições. A comemoração não foi à toa!

DESAFIO. Apesar do equilíbrio fiscal, o prefeito Júnior Macedo, terá um desafio pela frente, onde precisará de habilidade política. Precisará da orientação do ex-prefeito Adailton Macedo, para articular uma aproximação ao novo presidente da mesa diretora da Câmara, o vereador Budu Lima (PDT). O vereador é foi eleito na coligação do ex-candidato Wilames Freire, ligado ao ex-prefeito Carlos Macedo, seu principal adversário político.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: