e-Política
MadsonVagner
Prefeito de Cariús aluga terreno do sogro para fazer lixão sem licença ambiental

O prefeito Wilamar Palácio contratou área pertencente ao sogro no valor de R$38 mil por mês. O terreno abriga o lixão da cidade, mesmo sem licença ambiental.

20/02/2021 | Madson Vagner

O prefeito de Cariús, Wilamar Palácio, está enfrentando fortes críticas no início da sua gestão. A crise mais recente da gestão foi causada pela contratação, para aluguel, de um terreno na zona rural do município para abrigar o lixão da cidade. Tudo normal, não fosse a área de propriedade do sogro do prefeito, identificado como Luís Gonçalves de Oliveira.

Assinado ainda no mês de janeiro, o contrato tem valor de R$ 38 mil por mês para uma área de 20 mil metros quadrados. Com o contrato, Wilamar é acusado cometer dois crimes. Além da contratação não ter passado pelo processo de licitação, a área não tem licença ambiental para atuar como deposito de resíduos sólidos.

Entidades estaduais de meio ambiente prometem cobrar o plano municipal para criação do aterro sanitário. Outras denúncias de perseguição política e redução ilegal nos salários dos servidores municipais, ganham as redes sociais e, junto ao contrato do lixão, devem chegar ao Ministério Público do Estado.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: