Depois de muitas críticas sobre seu desinteresse na gestão de Santana do Cariri, o prefeito Pedro Henrique (MDB) resolveu dar respostas. Decretou a redução do próprio salário, da vice-prefeita e dos secretários. Ao reassumir a Prefeitura, disse ter identificado um rombo superior a R$ 7 milhões, deixados pela gestão da ex-prefeita Danieli Machado. Para a oposição, o prefeito demorou a tomar as rédeas da administração que caminha para o colapso.

Para resolver a situação calamitosa, os opositores estão propondo outras medidas como a demissão de parentes do prefeito e da vice que compõem a gestão. A irmã da vice, Bibiana, conhecida como Zilmar, é adjunta da Secretaria de Saúde e Pedro Henrique tem tios no comando das secretarias de Educação e na Ouvidoria, o que é permitido. Ou seja, apesar do reaparecimento e das medidas, a crise em Santana tende a continuar.

Depois de muitas críticas sobre seu desinteresse na gestão de Santana do Cariri, o prefeito Pedro Henrique (MDB) resolveu dar respostas. Decretou a redução do próprio salário, da vice-prefeita e dos secretários. Ao reassumir a Prefeitura, disse ter identificado um rombo superior a R$ 7 milhões, deixados pela gestão da ex-prefeita Danieli Machado. Para a oposição, o prefeito demorou a tomar as rédeas da administração que caminha para o colapso.

Para resolver a situação calamitosa, os opositores estão propondo outras medidas como a demissão de parentes do prefeito e da vice que compõem a gestão. A irmã da vice, Bibiana, conhecida como Zilmar, é adjunta da Secretaria de Saúde e Pedro Henrique tem tios no comando das secretarias de Educação e na Ouvidoria, o que é permitido. Ou seja, apesar do reaparecimento e das medidas, a crise em Santana tende a continuar.

e-Política
MadsonVagner
Prefeito Pedro Henrique está de volta ao trabalho em Santana do Cariri

Depois de muitas críticas sobre seu desinteresse na gestão de Santana do Cariri, o prefeito Pedro Henrique (MDB) resolveu dar respostas. Decretou a redução do próprio salário, da vice-prefeita e dos secretários. Ao reassumir a Prefeitura, disse ter identificado um rombo superior a R$ 7 milhões, deixados pela gestão da ex-prefeita Danieli Machado. Para a oposição, o prefeito demorou a tomar as rédeas da administração que caminha para o colapso.

Para resolver a situação calamitosa, os opositores estão propondo outras medidas como a demissão de parentes do prefeito e da vice que compõem a gestão. A irmã da vice, Bibiana, conhecida como Zilmar, é adjunta da Secretaria de Saúde e Pedro Henrique tem tios no comando das secretarias de Educação e na Ouvidoria, o que é permitido. Ou seja, apesar do reaparecimento e das medidas, a crise em Santana tende a continuar.

14/11/2018 | Madson Vagner

Depois de muitas críticas sobre seu desinteresse na gestão de Santana do Cariri, o prefeito Pedro Henrique (MDB) resolveu dar respostas. Decretou a redução do próprio salário, da vice-prefeita e dos secretários. Ao reassumir a Prefeitura, disse ter identificado um rombo superior a R$ 7 milhões, deixados pela gestão da ex-prefeita Danieli Machado. Para a oposição, o prefeito demorou a tomar as rédeas da administração que caminha para o colapso.

Para resolver a situação calamitosa, os opositores estão propondo outras medidas como a demissão de parentes do prefeito e da vice que compõem a gestão. A irmã da vice, Bibiana, conhecida como Zilmar, é adjunta da Secretaria de Saúde e Pedro Henrique tem tios no comando das secretarias de Educação e na Ouvidoria, o que é permitido. Ou seja, apesar do reaparecimento e das medidas, a crise em Santana tende a continuar.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: