e-Política
MadsonVagner
Prefeitura de Granjeiro derruba arvores no açude antes da licitação para revitalização

A Secretaria de Obras de Granjeiro se antecipou e derrubou as arvores que, teoricamente, deveria ser feito pela empresa vencedora da licitação.

18/11/2021 | Madson Vagner

Uma obra de requalificação das margens do açude Junco está causando descontentamento na população de Granjeiro. Cerca de 35 arvores que existiam no local foram derrubadas com a justificativa de que o espaço seria revitalizado. A população reclamou a ação da Secretaria de Obras.

Além da polêmica sobre a derrubada das arvores, ao que parece sem anuência dos órgãos de fiscalização e meio ambiente, a ação pode se tornar alvo de investigação. A derrubada das arvores aconteceu antes do resultado final da licitação para as obras de revitalização do açude.

A secretaria se antecipou e fez um trabalho que, teoricamente, deveria ser feito pela empresa vencedora. A dúvida é se a secretaria se antecipou para poupar um embate com órgão de meio ambiente ou se a poupança foi financeira para beneficiar a empresa.

A licitação foi encerrada no dia 10, com a empresa construtora Dinâmica se sagrando a vencedora. O valor da obra é de R$ 1,3 milhão. Cabe resposta à população.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: