Depois de duas décadas de revezamento entre PT e PSDB, o brasileiro elegeu o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, presidente da República. O resultado foi oficializado na noite deste domingo, 28, por volta das 19h30 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Bolsonaro teve 55,13% dos votos válidos contra 44,87% do petista Fernando Haddad.

Bolsonaro será 38º presidente do Brasil e o terceiro militar eleito pelo voto. A eleição teve ainda 2,14 de votos brancos, 7,43% nulos e a maior abstenção desde 1989, época da abertura política no país, com 21,30%. Nulos, Brancos e ausentes somaram mais de 31 milhões eleitores que decidiram por nenhum dos candidatos.

Em números exatos Bolsonaro recebeu 57.797.593 votos contra 47.040.906 votos de Haddad. Os números ratificam a situação de divisão em que está o país. No primeiro discurso após o resultado, Bolsonaro disse que vai defender a constituição, a democracia e a liberdade.

Aos 63 anos, Bolsonaro é capitão reformado do Exército e deputado federal desde 1991. Foi eleito para mandato que vai de janeiro de 2019 a dezembro de 2022, podendo ser reeleito até 2026.

Depois de duas décadas de revezamento entre PT e PSDB, o brasileiro elegeu o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, presidente da República. O resultado foi oficializado na noite deste domingo, 28, por volta das 19h30 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Bolsonaro teve 55,13% dos votos válidos contra 44,87% do petista Fernando Haddad.

Bolsonaro será 38º presidente do Brasil e o terceiro militar eleito pelo voto. A eleição teve ainda 2,14 de votos brancos, 7,43% nulos e a maior abstenção desde 1989, época da abertura política no país, com 21,30%. Nulos, Brancos e ausentes somaram mais de 31 milhões eleitores que decidiram por nenhum dos candidatos.

Em números exatos Bolsonaro recebeu 57.797.593 votos contra 47.040.906 votos de Haddad. Os números ratificam a situação de divisão em que está o país. No primeiro discurso após o resultado, Bolsonaro disse que vai defender a constituição, a democracia e a liberdade.

Aos 63 anos, Bolsonaro é capitão reformado do Exército e deputado federal desde 1991. Foi eleito para mandato que vai de janeiro de 2019 a dezembro de 2022, podendo ser reeleito até 2026.

e-Política
MadsonVagner
Prevalece desejo de mudança e Brasil elege Bolsonaro presidente

Depois de duas décadas de revezamento entre PT e PSDB, o brasileiro elegeu o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, presidente da República. O resultado foi oficializado na noite deste domingo, 28, por volta das 19h30 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Bolsonaro teve 55,13% dos votos válidos contra 44,87% do petista Fernando Haddad.

Bolsonaro será 38º presidente do Brasil e o terceiro militar eleito pelo voto. A eleição teve ainda 2,14 de votos brancos, 7,43% nulos e a maior abstenção desde 1989, época da abertura política no país, com 21,30%. Nulos, Brancos e ausentes somaram mais de 31 milhões eleitores que decidiram por nenhum dos candidatos.

Em números exatos Bolsonaro recebeu 57.797.593 votos contra 47.040.906 votos de Haddad. Os números ratificam a situação de divisão em que está o país. No primeiro discurso após o resultado, Bolsonaro disse que vai defender a constituição, a democracia e a liberdade.

Aos 63 anos, Bolsonaro é capitão reformado do Exército e deputado federal desde 1991. Foi eleito para mandato que vai de janeiro de 2019 a dezembro de 2022, podendo ser reeleito até 2026.

29/10/2018 | Madson Vagner

Depois de duas décadas de revezamento entre PT e PSDB, o brasileiro elegeu o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, presidente da República. O resultado foi oficializado na noite deste domingo, 28, por volta das 19h30 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Bolsonaro teve 55,13% dos votos válidos contra 44,87% do petista Fernando Haddad.

Bolsonaro será 38º presidente do Brasil e o terceiro militar eleito pelo voto. A eleição teve ainda 2,14 de votos brancos, 7,43% nulos e a maior abstenção desde 1989, época da abertura política no país, com 21,30%. Nulos, Brancos e ausentes somaram mais de 31 milhões eleitores que decidiram por nenhum dos candidatos.

Em números exatos Bolsonaro recebeu 57.797.593 votos contra 47.040.906 votos de Haddad. Os números ratificam a situação de divisão em que está o país. No primeiro discurso após o resultado, Bolsonaro disse que vai defender a constituição, a democracia e a liberdade.

Aos 63 anos, Bolsonaro é capitão reformado do Exército e deputado federal desde 1991. Foi eleito para mandato que vai de janeiro de 2019 a dezembro de 2022, podendo ser reeleito até 2026.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: