e-Política
MadsonVagner
Queda de braço em Jardim pode ir parar na justiça

A declaração de estado de greve em Jardim acabou acionando uma queda de braço entre a Prefeitura e os professores da rede municipal. Em Jardim, o prefeito Aniziário Costa (PCdoB), enfrenta uma piores situações de todo o Ceará, herdado das seguidas gestões ligadas ao ex-prefeito Fernando Luz. Com uma folha de pagamento que ultrapassa os […]

05/03/2018 | Madson Vagner

A declaração de estado de greve em Jardim acabou acionando uma queda de braço entre a Prefeitura e os professores da rede municipal. Em Jardim, o prefeito Aniziário Costa (PCdoB), enfrenta uma piores situações de todo o Ceará, herdado das seguidas gestões ligadas ao ex-prefeito Fernando Luz.

Com uma folha de pagamento que ultrapassa os 68%, o município está beira de um colapso. Nas palavras de Aniziário, a situação tende a piorar com a obrigatoriedade de chamar mais concursados e pagar temporários para substituírem efetivos. O alívio veio com a retirada automática de um terço do planejamento dos professores, estabelecido pelo Ministério da Educação.

O prefeito garante que não está tirando qualquer direito e que se os professores continuarem com o estado de greve, vai acionar a justiça para decretar o movimento como ilegal.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: