e-Política
MadsonVagner
Rompimento do vereador Osvaldo com a prefeita Neta detona crise na base

O vereador de Jati, Osvaldo Freitas (PDT), aproveitou a sessão da Câmara do dia 16 para soltar o verbo e romper com a prefeita Maria de Jesus Diniz, a Neta do PDT. Ao se declarar oposição, Osvaldo garantiu: vai denunciar os “podres” da prefeita ao Ministério Público. O vereador é, também, presidente do PDT local, […]

22/03/2018 | Madson Vagner

O vereador de Jati, Osvaldo Freitas (PDT), aproveitou a sessão da Câmara do dia 16 para soltar o verbo e romper com a prefeita Maria de Jesus Diniz, a Neta do PDT. Ao se declarar oposição, Osvaldo garantiu: vai denunciar os “podres” da prefeita ao Ministério Público. O vereador é, também, presidente do PDT local, mesmo partido de Neta.

A crise teria iniciado porque a prefeita retirou uma linha do transporte escolar feita por uma pessoa ligada ao vereador. A crise atingiu em cheio a gestão da prefeita Neta que já enviou uma comissão para falar com o parlamentar que se demonstrou irredutível. Uma das tarefas da comissão é apagar o fogo é retirar da Ata da sessão a manifestação do vereador.

O problema é que houveram gravações do momento que já estariam nas mãos do MP. O clima em Jati é tenso. A avaliação é que: se o vereador abrir a boca a casa cai para a prefeita.

 

EDUCAÇÃO. Na crise instalada entre a gestão da prefeita Neta e os professores de Jati, os servidores já conseguiram a primeira vitória. O intervalo voltou aos 20 minutos. Os professores continuam reclamando o retorno da hora/aula para os 50 minutos. A Secretaria de Educação prometeu uma resposta para breve. Os servidores ameaçam greve caso não sejam atendidos.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: