e-Política
MadsonVagner
Segundo MP, vice-prefeito de Milagres enricou ilicitamente

A população de Milagres entendeu a causa das constantes ausências do vice-prefeito do município, Abraão Sampaio de Lacerda. Médico, o vice-prefeito presta serviços em, pelo menos, quatro municípios do vizinho estado do Pernambuco. Apesar de rentável, a prática é considerada ilegal já que Abraão realiza plantões em unidades públicas de saúde. O Ministério Público do […]

06/07/2018 | Madson Vagner

A população de Milagres entendeu a causa das constantes ausências do vice-prefeito do município, Abraão Sampaio de Lacerda. Médico, o vice-prefeito presta serviços em, pelo menos, quatro municípios do vizinho estado do Pernambuco. Apesar de rentável, a prática é considerada ilegal já que Abraão realiza plantões em unidades públicas de saúde.

O Ministério Público do Estado entrou com Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito. Segunda promotoria, o prejuízo aos cofres públicos ultrapassam os R$ 560 mil. Foi instaurado Inquérito Civil Público, que investiga a possibilidade de contratação por outros órgãos que recebem dinheiro público.

O Instituto Médico de Gestão Integrada (IMEGI), que prestou serviços a Prefeitura de Milagres, já foi sondado através de oficio sobre a contratação de Abraão. O acumulo de cargo público e vedado pela e o vice-prefeito pode ter que devolver todo o dinheiro acumulado com as funções.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: