e-Política
MadsonVagner
Submissão do prefeito de Farias Brito ao MP, pode comprometer sua reeleição

Quem começa a ser questionado pela posição adotada frente ao Ministério Público é o prefeito de Farias Brito, José Maria

21/03/2019 | Madson Vagner

Quem começa a ser questionado pela posição adotada frente ao Ministério Público é o prefeito de Farias Brito, José Maria. O prefeito tem sua capacidade administrativa e política posta sob dúvida. O que foi visto, até pouco tempo, como uma boa parceria entre a Prefeitura e o MP, agora é avaliada como submissão. José Maria submete todas as licitações ao crivo dos promotores, mesmo sob a possibilidade de atrasar serviços essenciais.

Recentemente, milhares de alunos correram o risco de ficar sem merenda à espera de autorização do MP para licitar. Outras licitações ainda esperam pelo aval para serem feitas. Na oposição, minoria na Câmara, o questionamento é: se José Maria não tem segurança no que faz, porquê permanece como gestor público. A atitude do gestor, começa a comprometer sua reeleição.

Enquanto isso…

… Ainda em Farias Brito, o prefeito José Maria, terá pela frente outro questionamento acerca da sua capacidade política. Ele terá que provar que pode ser candidato a reeleição, mesmo contra a vontade do ex-prefeito Vandevelder Freitas. Na sua primeira gestão, entre 2005 e 2009, José Maria não disputou a reeleição. Teve que ceder lugar a volta de Vandevelder.

… Para governar Farias Brito pela quinta vez, Vandevelder terá como desafios convencer José Maria a abrir mão da reeleição – mais fácil – e aprovar suas contas na Câmara de Vereadores, onde parece não ter votos suficientes. Aliado do presidente Cícero Porfírio, Vandevelder mantém as contas na gaveta da Casa. Teme ficar ficha suja.

Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: