e-Política
MadsonVagner
Tasso retira assinatura e ajuda arquivar CPI do Judiciário

O pedido para a criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Poder Judiciário, acabou arquivado mesmo antes de ir ao Plenário do Senado. O requerimento, que tinha as 27 assinaturas para ser protocolada, perdeu força depois da retirada das assinaturas dos senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE), Eduardo Gomes (SD-TO) e Kátia Abreu (PDT-TO). […]

12/02/2019 | Madson Vagner

O pedido para a criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Poder Judiciário, acabou arquivado mesmo antes de ir ao Plenário do Senado. O requerimento, que tinha as 27 assinaturas para ser protocolada, perdeu força depois da retirada das assinaturas dos senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE), Eduardo Gomes (SD-TO) e Kátia Abreu (PDT-TO).

Na sessão dessa segunda-feira, 11, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), determinou o arquivamento da CPI, mesmo antes de começar por falta de assinaturas. O requerimento chegou a entrar na pauta do dia, mas acabou retirada. O requerimento, que pretendia investigar a atuação dos tribunais superiores, foi protocolado no dia 8 deste mês pelo senador Alessandro Vieira (PPS-SE).

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: