e-Política
MadsonVagner
*PUBLICIDADE
Teleférico de Barbalha está em fase final de implantação; vai impulsionar o turismo

O teleférico de Barbalha está em fase final de implantação, com 85% da obra executada. O equipamento interligará um dos principais distritos da cidade, Vila do Caldas, ao Mirante do Cruzeiro.

22/07/2019 | Madson Vagner

Idealizado para impulsionar o turismo no Cariri, o teleférico de Barbalha está em fase final de implantação, com 85% da obra executada. A próxima etapa é de adaptações da rede elétrica e testes com o maquinário. A previsão é que a entrega seja feita este ano.

O equipamento interligará um dos principais distritos da cidade, Vila do Caldas, ao Mirante do Cruzeiro, onde é possível contemplar o Vale do Rio Salamanca e o Centro Histórico de Barbalha, e ainda ter uma vista privilegiada da encosta da Chapada do Araripe. Com capacidade para transportar até 660 pessoas por hora, o teleférico amplia possibilidades de ações voltadas para ecoturismo, educação e preservação ambiental na região. O investimento, do Governo do Estado, é de R$ 14 milhões.

“Nós estamos com todos os equipamentos do teleférico já no canteiro de obra, em processo de montagem. Todas as cadeirinhas, os cabos, os equipamentos elétricos estão na obra, aguardando apenas a ligação de energia que está sendo providenciada junto à Enel”, informa o diretor de Obras Especiais da Superintendência de Obras Públicas (SOP), Silvio Campos. Os testes devem começar no fim do mês de agosto.

A parte relacionada a construção civil está em bom ritmo de andamento. “As duas estações, a inferior e a superior, estão com as estruturas metálicas prontas. Vão começar a receber o recobrimento. Isso já é uma etapa final dessas duas estações”, diz o diretor de Obras Especiais da SOP. A passarela no Mirante do Cruzeiro também está sendo instalada.

Também sob responsabilidade da SOP, o projeto do teleférico de Juazeiro do Norte, que vai facilitar o acesso dos romeiros à estátua de Padre Cícero, está na fase de cumprimento de demandas legais para que os serviços possam começar. Além da estrutura que levará cerca de mil passageiros por hora até a Colina do Horto, a obra contempla a urbanização do entorno.

“Juazeiro e Barbalha já são dois grandes polos de visitação do nosso Estado, então imagine quando esses teleféricos forem entregues e entrarem em funcionamento. Como a obra em Barbalha finaliza ainda este ano, já podemos esperar um movimento maior no município com a novidade”, comenta o diretor de Obras Especiais da SOP, Silvio Campos.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: