e-Política
MadsonVagner
Cumprindo promessa, Bebianno caiu atirando e promete mais

O ex-ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, começou a cumprir a promessa de levar o presidente Jair Bolsonaro junto. Ao ser anunciada oficialmente sua exoneração, Bebianno vazou áudios que desmentem a versão do presidente sobre sua exoneração. Os áudios ganharam repercussão e desgastam o Governo a ponto de interferir na votação […]

20/02/2019 | Madson Vagner

O ex-ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, começou a cumprir a promessa de levar o presidente Jair Bolsonaro junto. Ao ser anunciada oficialmente sua exoneração, Bebianno vazou áudios que desmentem a versão do presidente sobre sua exoneração. Os áudios ganharam repercussão e desgastam o Governo a ponto de interferir na votação das reformas no Congresso.

E o ex-ministro Bebianno disse a interlocutores que irá mais longe. Disse que vai juntar documentos sobre o período em que ficou no Governo e também sobre sua atuação como coordenador da campanha presidencial do PSL. A revelação do material poderá aprofundar a crise provocada pelo escândalo das candidaturas laranjas do PSL.

Oposição quer aprofundar a crise

Os senadores ligados a oposição do governo Bolsonaro, devem procurar o ex-ministro para aprofundar a crise. Os opositores querem convencer Bebianno a abrir o jogo sobre o desvio do fundo partidário do PSL e suas possíveis ligações com o presidente Bolsonaro. O vazamento dos áudios com o presidente é avaliado como a senha de que Bebianno está disponível seguir em frente com as denúncias.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: