e-Política
MadsonVagner
STF quebra sigilo bancário de Temer

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Barroso, decretou a quebra do sigilo bancário do presidente Michel Temer (MDB). O presidente é acusado receber propina para articular a Medida Provisória dos portos e que beneficiou a empresa Rodrimar. Temer é o primeiro presidente no exercício do cargo a ter o sigilo bancário quebrado. A decisão […]

06/03/2018 | Madson Vagner

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Barroso, decretou a quebra do sigilo bancário do presidente Michel Temer (MDB). O presidente é acusado receber propina para articular a Medida Provisória dos portos e que beneficiou a empresa Rodrimar. Temer é o primeiro presidente no exercício do cargo a ter o sigilo bancário quebrado.

A decisão é de fevereiro, mas foi divulgada nesta terça-feira (06) pela revista Veja. Temer disse estar tranquilo e que vai provar sua inocência. No Planalto, já iniciam os movimentos da oposição para pressionar o presidente pela renúncia. Apesar da gravidade das denúncias, Temer não pode ser preso por ter fôro privilegiado.

CONSEQUÊNCIA. Coincidência, ou não, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, fala em lançar sua pré-candidatura a presidente ainda esta semana. Mais enfrenta resistência do pai, Cesar Maia, que prefere a reeleição a deputado federal e a permanência na presidência da Câmara.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: