e-Política
MadsonVagner
Capitão Wagner quer aliança com MDB no primeiro turno; Eunício bem colocado

Em entrevista, Wagner garantiu que, mesmo que a aliança com o MDB não aconteça no primeiro, a tendência é que seja firmada no segundo turno.

10/11/2021 | Madson Vagner

O pré-candidato ao Governo do Estado pela oposição, deputado federal Capitão Wagner (Pros), disse em entrevista à rádio Plus FM Cariri, nesta terça-feira, 09, que acredita numa aliança com o MDB de Eunício Oliveira, ainda no primeiro turno das eleições de 2022. Wagner garantiu que, mesmo que a aliança não aconteça no primeiro, a tendência é que no segundo seja firmada.

Wagner avalia que o ex-senador Eunício aparece muito bem nas pesquisas internas para o governo e disse entender se o MDB decidir por sua candidatura. “Vamos fazer a aliança de qualquer maneira. Temos um pensamento em comum, derrubar a oligarquia dos Ferreira Gomes no Ceará,” disse.

Durante a entrevista, Wagner comentou sobre uma possível candidatura do empresário Gilmar Bender como um vice do Cariri, na sua chapa. O pré-candidato alertou que, antes, é necessário que Bender esteja filiado a um partido do arco de aliança da oposição. Segundo Wagner a analise serve para qualquer nome seja cotado para a disputa na condição de vice.

*PUBLICIDADE
*PUBLICIDADE
Especial/Reportagem

Livro

Leia Também: